Tailo Mateus Gonsalves

I’m a software developer, minimalist who is passionate about helping people become more capable and productive with good habits.

I created this website in order to share my experiments in becoming a more effective and explores what it means to live a good life.

Como criar um ambiente melhor para nossos hábitos

Como o ambiente nos afeta

O ambiente influência diretamente quando estamos criando ou tentando mudar algum hábito. Até mesmo, pode tornar hábitos ruins mais consistentes. Porém, existem algumas formas que podemos projetar nosso ambiente para que tudo se torne mais natural. Afinal, em algum momento a motivação acaba indo embora e tudo o que nos resta, é como nos comportamos durante o dia.

Aqui estão três estratégias que ultimamente tenho colocado em prática, e até então, tem funcionado muito bem:

Primeiro, automatize boas decisões. Para conseguir tornar a rotina melhor, as pessoas devem estar dispostas a criar uma nova identidade e acreditar que conseguem. Porém, força de vontade não é tudo, moldar um bom ambiente é o adequado. Vejamos alguns exemplos, usar algum software para bloquear sites de mídia social pode ajudar a superar a procrastinação, colocando sua força de vontade no piloto automático. Também pode automatizar uma ação sem o uso da tecnologia. Por exemplo, ao fazer uma boa ação (ler, escrever...) antes de dormir por um longo tempo faz com que o cérebro entenda a nova rotina.

Em segundo lugar, facilitando comportamentos. Você pode aplicar uma estratégia semelhante projetando um ambiente em que os bons hábitos se tornem equivalentes ao seus comportamentos normais. Por exemplo, se você quiser praticar um instrumento musical, poderá colocá-lo no meio de sua sala de estar. Outra forma, se quer ler mais livros, deixe-os espalhados pela casa, assim, sempre que ficar entediado, eles estarão ao seu alcance e vai lembra-lo de ler. Sempre que possível, projete seus hábitos para que eles se encaixem na sua rotina e nos seus padrões atuais.

Terceiro, retire as influências negativas. Você pode reduzir as influências negativas em seu ambiente. Por exemplo, você pode tornar mais fácil evitar alimentos não saudáveis, armazenando-os em lugares menos visíveis. Sempre tentando dificultar uma ação ruim, eu tenho um exemplo pessoal. Há algum tempo, acreditava que deveria verificar as redes sociais ou e-mail diariamente. Consequentemente sempre achava que meu dia estava cheio e nunca havia oportunidade para aprender algo novo. Ao perceber isso, logicamente comecei a identificar em quais coisas meu tempo estava sendo gasto. Minha ação foi cortar distrações, tais como algumas redes sociais. É impressionante como após algum tempo isso não se torna mais tão necessário. Nesta parte você deve acompanhar sua rotina e avaliar se é realmente importante.